terça-feira, 26 de abril de 2011

Route 39




meio do caminho,
menino já se foi
metade do trajeto,
meto a cara no concreto

renascido a cada segundo
olhar maravilhado pro mundo,
chama que me chama
para incendiar meus desejos

to cada vez mais chato
to sem tempo, há perder...
vou perder? ganhar?
vou sonhar isso sim

no peito velho, o pulsar
que me impulsiona animado,
nessa rota trinta e nove,
novamente em frente!

7 comentários:

Adriano Dirribeira disse...

maravilhoso, meu irmão mais velho, os anos passam e quando eu passar dos 39 vou lembrar com muito orgulho de vc, que é mais que amigo, é meu irmão postiço que parece me conhecer mais do que eu! Um beijo no teu coração, menino guerreiro!

Cavaleiro dos Dragões disse...

meu irmão, agradeço a vida por ter vc ao meu lado!

Lai Paiva disse...

Zé querido, belo poema, belo retrato, bela leitura de vc. Parabéns! Beijo.

Cavaleiro dos Dragões disse...

Elaine flor, obrigado pelo seu carinho sempre!

Angelo Augusto Paula do Nascimento disse...

Fazer do tempo um aliado é ato sábio!
Feliz 39! Os 40 tb o serão!

LUZ disse...

Olá Zé,
Parabéns pelo seu aniversário. Como é bom viver!!
Abraços.

LUZ disse...

Boa tarde Zé,
Como vai? Os seus seguidores, e especialmente eu, aguardo escritos seus e boas notícias.
Há quase um mês, que não aparece.
Abraços com luz.