quarta-feira, 14 de abril de 2010

um amor de passeio



fonte límpida do desejo
agora nesse ensejo
não vou dizer o que sinto
aperto forte o cinto

não me escape as palavras erradas
assim não sofro depois...
quem sabe é devaneio...
talvez um amor de passeio...

7 comentários:

Lady disse...

Bom dia!!!!
Palavras singelas e doces.
Adorei!
Desejo que seu dia seja maravilhoso e recheado de coisas boas.
Bj

EU SOU NEGUINHA disse...

Adorei as palavras...leves...sutis...mas que me causam intensidade..
Lindo dia a ti
Beijos da Nega

Maris Morgenstern disse...

mesmo que de passeio,
que seja amaor enquanto for

Lai Paiva disse...

Zé, tenho a impressão de que seus versos flutuam, de tão leveza que nem sei descrever a beleza... Bjs querido.

[ rod ] ® disse...

Amor de passeio ou para mim amor de passagem. Nada correto ou nada errado... só casualidades da vida!

Abs amigo.

Ana Lucia Franco disse...

Zé, descobri teu blog por acaso e tua poesia é muito delicada e deliciosa de ler.

abrs!

Sandra Botelho disse...

Bom eu não entendi a relação da imagem com o poema.
Mas tá doce e triste, melancolico...
Bjos achocolatados