sexta-feira, 6 de novembro de 2009

onde começa o vazio...




nem sempre sei que não sei,
as vezes acredito profundamente
em certezas com clareza,
então vem a vida voluntariamente transformar

o que acredito em surpresa
virando minha cabeça
para todos os lados, para cima e para baixo,
botando crenças abaixo

me sobram as dúvidas,
dividas de um pensamento cartesiano,
quero ser mais holístico, menos prolixo
sair do lixo e aceitar o que não posso mudar

posso ver, posso ser, quero ser integral
sem bem, nem mal
simplesmente vazio e
completamente cheio...

6 comentários:

Lu Grilo disse...

Gostei muito...
Essa poesia, aprofunda uma reflexão que faço toda vez que estcuto a música de Renato Russo, que diz: "Já estou cheio de me sentir vazio".
Parabéns

♥ Driii ♥ disse...

A-m-e-i!!!


:-)


Beijocas, darling!!!

Milena disse...

"Vazio cheio de ondas
ondas vazio de amor
amor cheio de promessas
promessas vazio de cor
dor cheio de vida
vida vazio de vazio.... "
Bjs

Adriano Dirribeira disse...

Amigos são irmãos que a gente escolhe! Eu escolhi muito bem!
Obrigado pela inteireza!

Milena disse...

Saudades daqui...
Adoro os seu blog!!
Bjs e otimo final de domingo

Marcos Campos disse...

Olá!
Muito legal esse post!
Bem...humano!