quarta-feira, 27 de maio de 2009

ponto

seria, talvez
não outra, vez
voz, nós
cheiro dos lençóis

sem igual, passional
com final, afinal
afinei,desafinei
tentei, entreguei

ciclíco, ciclo
louco, pouco, solto
ponto, pronto
fim do encontro

tá frio, vazio
se foi, cê foi...
na alma, buraco sem fundo
de alma...sorte no mundo

8 comentários:

Anna disse...

Versos tristes...

Efigênia Coutinho disse...

Cavaleiro dos Dragões
Estou realmente encantada com sua poesia, você tem uma rima deliciosamente poética, livre,leve, solta, a gente vai junto das palavras , meus cumprimentos, desejando muito SUCESSO,
Efigênia Coutinho
Escritora

Cavaleiro dos Dragões disse...

Efigênia
muito obrigado pelo carinho!
já entre no seu blog e fiquei encantado com sua poesia.
beijo do seu novo fã

Adriano - Dirribeira disse...

Se foi, cê foi...
Saudade do pé na estrada contigo, mas domingo tem mais né!
Abraços, teu blog tá bão d+

Cavaleiro dos Dragões disse...

Drico
é isso domingo tem mais!
beijo no seu coração e brigadão por ser meu irmão!

Lindner disse...

Nossa! Quanta inspiração! Perfeito.

Cavaleiro dos Dragões disse...

Carlinha querida
brigaduuuu
beijos linda!

railer disse...

o vazio mexe com a gente