sexta-feira, 23 de julho de 2010

farol e o mar



repare no silêncio
respire o amor
transborde a beirada
invada a vida

desperte o ar
sacuda o mar
abale o mundo
rasgue o sagrado profundo

tudo é sagrado
vida em segredo
vida sem medo
desmedida, vivida

6 comentários:

Déia disse...

Esse cenário me transmite uma paz!!!

esse silêncio me faz refletir!

saudades de vc

bj

Cavaleiro dos Dragões disse...

Déia querida
obrigado pelo carinho
vou te visitar
beijos

Lai Paiva disse...

Que lindo Zé. É de se sentir alí, vivendo... Bjs, querido.

[ rod ] ® disse...

Viver não é uma questão de entender. É muito mais sentir!

Abs meu caro.

Adriano Dirribeira disse...

Faz tempo que não passo por aqui! Saudade MESTRE!
Um beijo

Marcio Nicolau disse...

Depois leia:

http://espacointertextual.blogspot.com/2010/08/mar-do-norte.html