sábado, 30 de janeiro de 2010

pontos cegos



grito rouco, estou louco
alucinado, inconformado
desformado, transformado
não creio no que vejo, desejo...

sistema que não serve
sistema que não cuida
sistema que exclui
sistema rui...

pontos cegos na rua,
escondem a verdade nua,
falta amor e comida,
fala gente querida...

olhar endurecido,
diante do mendigo,
olhar sobrevivente,
diante do carente

preciso olhar
falta força
preciso cuidar
falta ...

virus...
coisificação social
me libertar do jornal
e ver o social real

hora de abrir
olhar do coração
acolher com amor
semente em flor

florescer,
flor e ser,
semear,amar
sonhar e cuidar

23 comentários:

Cris França disse...

e apesar de tudo a gente tem que ser feliz? se Deus quiser?

sei não né, acho que tem mesmo muitos pontos cegos, porque do que vale ser feliz sozinho.

peçamos então para que se clareiem nossos olhos e para que os outros também possam enxergar.


abraços
muito lindo seu poema reflexão.

Déia disse...

A vida traz todas essas possibilidades...
Semear o que queremos é o melhor caminho para colher bons momentos!

bj

Lady disse...

O importante é semear, pouco, muito, tudo...
A semente da esperança.
Semear as energias para enfrentar as lutas da vida.
Semear a coragem para encorajar o outro.
Semear entusiasmo, fé e amor.
Semear coisas pequeninas e insignificantes.
Semear e confiar, cada semente há de enriquecer um pequeno espaço no teu coração.
Bj

Cristiano Contreiras disse...

Seus sentires são fortes, intensificados, quase sinto aqui!

adoro seu modo de escrever...seu coração selvagem externa beleza!

abraço

Graça Pereira disse...

Cegos...andamos todos, de olhar endurecido, coração empedernido...num mundo carente de tudo!
Um poema lindo para uma chamada de atenção...o mundo está ruindo e nós não vemos!!
Um beijo
Graça

Adriano Dirribeira disse...

Compaixão é o que nos sensibiliza. Vemos tudo, mas, de tão comum, torna-se normal e invisível. Admiro muito tua generosidade meu amigo!

RaH disse...

É difícil abrir os olhos pra enxergar a realidade. Ainda mais quando estamos no nosso "mundo confortável".
As pessoas não gostam muito de sair de seu conforto e se confrontar com uma realidade de tanta desigualdade, injustiça... etc.

Estamos precisando muito mesmo olhar mais para o lado. Ser mais HUMANO.

Eu gosto demais do que você escreve!
hehe

BeijO

Angel disse...

Não podemos deixar que a realidade dura que se expoe diariamente passe a ser algo normal aos nossos olhos. Gostei muito de vir aqui hoje, me fez relembrar que meu momento é difícil mas que diante do quão sofrido a vida pode ser, ele, talvez, não seja nada.

Lindas palavras!

Abraços.

Ira Buscacio disse...

Olha, meu cavaleiro, esse é o grito que devemos tirar de nossas gargantas.
Esperamos sempre que as autoridades façam, que façam, mas e nós?
Temos que abrir nossas mãos e deixar que a compaixão nos toque e depois sonhar e cuidar.

Adorei esse grito rouco!
Boa semana. Bjs

Sandra Botelho disse...

E por quantas vezes fechamos os olhos.
Vou te confessar que andei fugindo de ver noticiarios nos ultimos dias, já notou que somente vemos noticias ruins?
Mas nunca alguem propondo alguma solução?
Meu Deus ...
Sei que não podemos fazer como a tartaruga , esconder dentro do casco.
Mas as vezes fico tão mal que me recolho.
Belissimo teu poema.
Bjos meus e uma linda semana

[ rod ] ® disse...

Cegueira fluida, dizente e convergente. A que se impõe em plena visão. A que não deixa enxergar o próprio vulto.

Veja mesmo sob o manto da escuridão.

Abs meu caro!

Fred disse...

Excelente isso! Gostei do estlilo e da fluidez do texto! Abraços!

Cavaleiro dos Dragões disse...

Cris
que bom ter vc aqui, beijo
Déia,
sempre semeando o carinho, beijo
Lady,
vc é muito carinhosa, beijo
Um obrigado gigante!

Cavaleiro dos Dragões disse...

Cristiano
valeu mesmo!
UM ABRAÇO FORTE!
OBRIGADO

Cavaleiro dos Dragões disse...

Graça de além mar
obrigado por compartilhar
um beijo querida!

Cavaleiro dos Dragões disse...

Drico meu irmão!
Vc é um amigo que a vida me deu!
Obrigado por estar junto!

Cavaleiro dos Dragões disse...

Rah
eu gosto demais do seu carinho!
um beijo grande!

Cavaleiro dos Dragões disse...

Angel
obrigado querida
Ira
obrigado pelo carinho
Sandra
agradecido por comentar
UM BEIJO GRANDE PARA VOCES!

Cavaleiro dos Dragões disse...

Rod
como sempre, um filosófo
Fred
bem vindo, obrigado
GRANDE ABRAÇO AOS DOIS

Lai Paiva disse...

Que linda maneira de expressar sua, digamos, indignação com uma realidade tão dura que vemos dia a dia... Gostei muito Ze, como sempre. Bjs

Cavaleiro dos Dragões disse...

Lai querida,
dizer o que se pensa com firmeza, porém amorosidade estou tentando, obrigado por estar perto
um beijo

Renato Hemesath disse...

Esta tua postagem me fez pensar se (caso) conhecessemos melhor o que de fato o sujeito é e não meramente a 'aparência das coisas' nos mobilizaríamos por fatos plenamente reais. Enfim, quantos pontos cegos!

Abraços e obrigado pelo comentário.

Lai Paiva disse...

Zé, sempre estarei perto de poetas como vc... Bjs